imprensa

Notícias

Versão para impressão    Voltar

02/06/2017 - Crime

Cova Rasa: traficante é condenado a 19 anos de prisão por morte de testemunha


Julgamento ocorreu no Fórum de Canoas

Em sessão do Tribunal do Júri de Canoas ocorrida nesta quinta-feira, 1º, foi condenado a 19 anos de prisão em regime fechado um dos líderes do grupo criminoso investigado pela Operação Cova Rasa, Lauri Sávio Cunha. Ele foi considerado culpado de ser o mandante do homicídio duplamente qualificado de Moisés Fagundes Borges, ocorrido em 13 de abril de 2009.

Conforme a denúncia do MP, Lauri determinou a morte, que foi executada por dois adolescentes, por motivo torpe – em represália ao fato de que a vítima testemunhou em um processo que culminou na condenação do cunhado de Lauri por roubo de celulares. Também foi reconhecida a qualificadora da dissimulação na execução da vítima, que foi chamada no portão de casa e baleada de surpresa, ao atender o chamado.

Atuou no plenário o promotor de Justiça Rafael Russomanno Gonçalves. A sessão foi presidida pela juíza Giovanna Rosa.

Agência de Notícias
imprensa@mprs.mp.br
(51) 3295-1820


Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul
Av. Aureliano de Figueiredo Pinto, 80 - Porto Alegre - CEP.: 90050-190 - Tel.: (51) 3295-1100
Horário de atendimento ao público externo e funcionamento: 08h30 às 18h00